terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Em 2011, chega de gente idiota!

Por Anacris Maia
Eu sei que já passamos do dia 01, mas, como ainda nem estamos no quinto dia do ano, ainda posso imprimir aqui minha promessa de ano novo. Na verdade ela é aparentemente simples: não é iniciar um curso, andar mais de bicicleta ou casar. Minha promessa para esse 2011 é não dar atenção a PESSOAS IDIOTAS. Isso mesmo!!!

Chega! Existe um monte de gente idiota por aí que não pensa no que fala ou que é maldosa mesmo, mas, seja por ignorância ou falta de caráter, ainda assim continua sendo IDIOTA.

E vocês devem estar se perguntando: mas, se é idiota, porque diabos Anacris, você dá ouvido para o que elas falam? Porque eu também sou idiota. Afinal de contas, ficar remoendo bosta que ouviu de um (a) Zé Ninguém que interfere em nada na minha vida é ou não é coisa de idiota?

Pensando nisso, minha promessa desse ano é deixar de ser idiota e dar muito valor para quem não merece nenhum. Este ano vou ouvir apenas quem fala alguma coisa que me eleve, me torne um ser humano melhor, uma profissional melhor. Gente imbecil que se esconde sob o disfarce da eficiência não merece crédito, mas sim, pena, já que no fundo é tão insegura e incompetente que se sente bem chateando os outros.

Minha promessa é filtrar o que presta e descartar o que não presta. Manter o foco nos meus objetivos e a autocrítica afinada, reconhecendo meu valor e meus limites. Este ano, quero passar mais leve, mais zen, rindo mais de mim mesma e sendo verdadeiramente indiferente com quem não merece apreço algum.

13 comentários:

Ticiane Garcez Ribeiro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ticiane Garcez Ribeiro disse...

Oi Cris,
Bem pros chatos que me atormentam sempre faço uma oração que me foi ensinada por Cazuza e Frejat que é a seguinte:

"Agora eu vou cantar pros miseráveis
Que vagam pelo mundo derrotados
Pra essas sementes mal plantadas
Que já nascem com cara de abortadas

Pras pessoas de alma bem pequena
Remoendo pequenos problemas
Querendo sempre aquilo que não têm

Pra quem vê a luz
Mas não ilumina suas minicertezas
Vive contando dinheiro
E não muda quando é lua cheia

Pra quem não sabe amar
Fica esperando
Alguém que caiba no seu sonho
Como varizes que vão aumentando
Como insetos em volta da lâmpada

Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Pra essa gente careta e covarde
Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Lhes dê grandeza e um pouco de coragem

Quero cantar só para as pessoas fracas
Que tão no mundo e perderam a viagem
Quero cantar o blues
Com o pastor e o bumbo na praça

Vamos pedir piedade
Pois há um incêndio sob a chuva rala
Somos iguais em desgraça
Vamos cantar o blues da piedade

Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Pra essa gente careta e covarde
Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Lhes dê grandeza e um pouco de coragem"

Bjos linda

Anacris Maia disse...

Puxa vida, Tici...
Não tenho o que falar, a letra/música é perfeita e diz exatamente aquilo que minha pequena pretensão literária tentou dizer.
Obrigada linda!!! E vamos continuar rezando pelos covardes e miseráveis... Amém!

Ana Bárbara disse...

É isso aí mesmo, CHUTA QUE É MACUMBA, rsrsrs
Cris, não sei o que ou quem te deixou tão encomodada, mas eu digo uma coisa, não esquenta com a maldade dos outros não, deixa os outros, sinceramente, a leveza do coração e da alma é não ter afetação em relação a si mesmo, isso é evidente, já percebeu como há excessiva reclamação em muitas situações, claro, a reclamação é em primeira instância algo que não vai bem, e olha, precisamos de alienação pra viver também, consciência não é chatice, deixa os recalques alheios pra lá, e pra que deixar os outros te derrubarem? Cris, se deixarmos que tudo de ruim que falam ou acham de nós nos prejudicarmos, olha, é morte garantida, é como Jesus na cruz, tomba mesmo, se encomodar também pode ser expectativas de "como as pessoas devam ser", também ocorre que muito do que queremos para nós não fazemos, e a leveza está em sermos aquilo tudo que desejamos com sinceridade e sem hipocrisia, então acaba sendo um paradoxo, então vejo que é mais por ai, se desejo paz eu sou a paz, se desejo amor eu sou o amor, se desejo alegria sou a alegria, e por aí vai, tá de mau humor e triste? Come chocolate, kkkkkk
Tá desanimado, come açucar e vá caminhar, olha que não falo pra vc em si viu, é mais como uma idéia mesmo, mas espero que tenha entendido, rsrsrs
Mas vc está certa, desencana do peso, siga seu intuição e seu discernimento!

bjãooo

Ana Bárbara disse...

Esqueci de mais umas coisinhas... hehe
Então, a preocupação excessiva em que, o que "os outros vão pensar" ou "o que eles dizem é mais importante", e lhe digo, quem disse isso?
Quem disse que o que dizem é mais importante? Falo isso no sentido de maldades alheias e coisas ditas sem reflexão alguma, quem disse que isso é importante? Há o erro de deixar se afetar pelos outros, há um engradecimento do outro e uma diminuição de si mesmo que causa a afetação, e por mais que falemos, "não liguei" ligou sim, se os outros são capazes de deixar a outra pessoa mal é pq afetou sim, precisamos em algum momento chutar o balde, para estarmos inteiros, estando bem conosco para então vivermos bem socialmente, para então termos a comunicação necessária, só se vive bem com os outros quem se comunica e se comunicar não é só falar, é ouvir o ponto de vista do outro, não digo aceitar sem reflexão, mas ouvir e filtrar, isso é comunicação, que é relação impessoal, e só faz isso quem é pleno, quem se satisfaz e agora é satisfeito com as coisas da vida...

Bjokas

Ana Bárbara disse...

Esqueci de dizer que depois que li seu artigo relacionei aquilo sobre o seu ano numerológico, e vi que do que talvez vc esteja mais vivendo desse ano é a leveza, já que ele traz a leveza e o otimismo...
Que 2011 seja pleno, feliz, inspirador e tudo mais de bom para todos nós

beijos

Ana Bárbara disse...

Errei em um ponto ao dizer que só se é feliz quem se comunica, depois que li que vi, quis dizer, só se é feliz quem sabe se comunicar, hauhuauha

até mais

Ana Bárbara disse...

Aff, escrevo rápido e não consegui explicar ainda o que quis dizer disso, rsrs
Vamos lá, só se é feliz se comunicando quem sabe se comunicar, feliz na comunicação é sabendo se comunicar, que é ouvir e filtar, e o resto é o que está escrito mesmo, só não saiu isso agora pq não sei pq não escrevi, rsrsrs

beijos

Anacris Maia disse...

Oi amiga, prazer te ler sempre!!! Eu entendi perfeitamente o que escreveu e estou numa fase, como vc mesma viu e disse, de leveza, estou chutando tudo que me faz mal, estou, como diria meu pai, deixando minha mala mais leve. Cansei. Cansei de me preocupar, cansei de sofrer, cansei de chorar, CANSEI! CHUTA QUE É MACUMBA...RSRSRS E que venha um 2011 sensacional para todas nós!!! Beijos.

Daniel Alabarce disse...

E aí, Cris! tudo bem!? To com muita saudade de vc, de conversar, de rir, de pensar com vc!

Sempre passo por aqui pra ler seus posts. E não consigo ficar sem imaginar você falando todos os posts lá na padaria, rsrsrs! Quando eu te leio é como se eu te escutasse falando nas épocas da faculdade, rs!

E, de verdade? Em grande parte do tempo nós nos assemelhamos aos idiotas, não por sermos idiotas platonicamente, rs, mas por ouvi-los e deixar que nos incomodem.

Eu escrevi um texto sobre ódio e indiferença, não sei se vc chegou a ler ele. E cheguei a esta conclusão também, de que devemos a indeferença a estes miseráveis, nunca amor, nunca piedade, apenas indiferença, porque a indiferença mata de verdade! rs

abração e beijão pra vc, moça!

Anacris Maia disse...

Dani, não poderia responder ao seu comentário sem antes reler seu texto sobre ódio e indiferença. Hoje quando o li, compreendi de forma mais verdadeira e intensa, talvez porque essa seja hoje minha angústia mais latente: transformar esse ódio por alguns serezinhos bestiais, em pura INDIFERENÇA! A indiferença nos liberta, nos faz seguir adiante, sem se preocupar em olhar/ouvir o que temos ao lado. Foi um prazer te ler e muitíssimo obrigada pelo seu comentário!!! Beijos

Daniel Alabarce disse...

ebaaaaa! fiquei feliz de vc ter comentado meu comentário! Por tanto, comento o comentário do comentário!

bjão!

Obs: Palavra para postar o comentário: COTOCO! kkkkk

O Colapso disse...

Mata essas pessoas idiotas!

Dai vc responde:
Bem que queria...
e eu respondo:
então você pode!!

Bom pelo menos virtualmente você pode e é legal... rsrsrs

Joga ai:

http://jogolandia.uol.com.br/puzzle/collapse_it-8181.html

Beijos!

O Colapso